Uma delegação de Albergaria-a-Velha do PCP esteve numa acção de contacto com a população no mercado Municipal no âmbito da campanha «Alternativa patriótica e de esquerda, por um Portugal com futuro».

Nesta acção deram-se a conhecer os avanços nos direitos e rendimentos, conseguidos para o Orçamento do Estado para 2019, com o contributo do PCP, nomeadamente o aumento extraordinário de 10 € nas pensões de reforma já em Janeiro de 2019, alargamento das condições de acesso à reforma de trabalhadores com longas carreiras contributivas, alargamento do abono de família, redução nos custos dos transportes públicos para os utentes, redução do custo da electricidade e do gás natural, manuais escolares gratuitos nos 12 anos de escolaridade obrigatória.

Houve uma boa recepção por parte da população e, também, por parte dos comerciantes que ficaram a saber que o PEC (pagamento especial por conta), por proposta do PCP, irá deixar de existir a partir de Janeiro. Este imposto, segundo os comerciantes, nunca deveria ter existido.

É, por isso, de salientar a importância do reforço do PCP na Assembleia da República que, com mais deputados, mais direitos e rendimentos seria possível alcançar.

Albergaria-a-Velha, 24 de Outubro de 2018
A Comissão Concelhia de Albergaria-a-Velha do PCP


Para o topo